Ferramentas de vídeo Adobe recebem avaliações positivas no Festival Sundance

Ferramentas de vídeo Adobe recebem avaliações positivas no Festival Sundance

Filmes como Hail, Caesar!, da Universal, e Deadpool, da 20th Century Fox, fizeram a edição digital dos filmes usando o Premiere Pro CC; uso das ferramentas de edição da Adobe aumentaram 143% desde a edição 2015
Das produções independentes até as grandes produções de Hollywood, 51 filmes que estreiam na edição 2016 do Festival Sundance de Cinema usaram o Premiere Pro CC da Adobe como software principal de edição digital.

O Sundance, realizado desde 1985 nos Estados Unidos, premia anualmente filmes e talentos emergentes e promove debates e eventos sobre a indústria do cinema. O Premiere Pro CC e outras ferramentas da Adobe Creative Cloud foram usados em um total de 175 filmes. Desde filmes competindo à premiação, como Christine, Gleason e Swiss Army Man, até mesmo curtas-metragens e documentários como Richard Linklater – dream is destiny, o uso do Premiere Pro CC no Festival Sundance de Cinema teve um aumento de 143% desde a edição 2015.

“Com um filme tão ambicioso, nós precisávamos da tecnologia mais inovadora para ampliar as fronteiras criativas”, disse Louis Black, co-diretor do filme Richard Linklater – dream is destiny, que estreará no Sundance. “Nossa história depende da combinação de filmagens históricas com entrevistas atuais. Nós fizemos os cortes do filme com o Premiere Pro CC da Adobe e tivemos resultados incríveis”.

Os cineastas do Festival Sundance de Cinema refletem a rápida adoção de workflows de vídeo da Adobe. O uso do Premiere Pro incluem premiados diretores como: os irmãos Coen, quatro vezes ganhadores do Oscar com o filme Hail, Caesar!; o diretor Tim Miller, do filme Deadpool; o diretor David Fincher e o editor ganhador do Oscar, Kirk Baxter, do filme Gone Girl; e o diretor Rhys Thomas e o produtor Lorne Michaels do filme Staten Island Summer.

Adobe organiza Painel de Edição – “Segredos de Edição de Hail, Caesar! e Deadpool”

Para ajudar cineastas indie a acompanharem o ritmo da transição para técnicas de edição de vídeo modernas, a Adobe vai organizar um painel imperdível no Festival Sundance de Cinema no dia 23 de janeiro, intitulado “Segredos de Edição de Hail, Caesar! e Deadpool”, com destaque para dois filmes muito esperados e com lançamento em fevereiro deste ano nos Estados Unidos.

· Hail, Caesar!, da NBC/Universal, se passa na Era de Ouro de Hollywood e narra um único dia na vida de um produtor de cinema e os vários problemas que ele terá que resolver. O filme é produzido, dirigido, escrito e editado pelos irmãos Joel e Ethan Coen, quatro vezes ganhadores do Oscar. O painel contará com a presença de Catherine Farrell, supervisora da pós-produção e produtora associada do filme, e Katie McQuerrey, editora adicional do filme.

· Deadpool é um filme da 20th Century Fox que conta a história de um anti-herói não convencional da Marvel Comics. O filme narra o passado de Wade Wilson, um ex-soldado das Forças Especiais que virou um mercenário. O painel incluirá Tim Miller, diretor do filme, e Vashi Nedomansky, consultor de edição e especialista em workflow do filme.

Estes cineastas, que antes usavam outras tecnologias de edição, irão discutir sua abordagem para a narrativa, seus workflowsusando as mais modernas tecnologias e os motivos para começar a usar o Premiere Pro CC da Adobe. Para aqueles que não puderem participar, o painel será filmado e o vídeo disponibilizado na semana seguinte no site www.adobe.com/go/video.

“A Adobe reformulou totalmente o Premiere Pro CC. Eu amo a interoperabilidade com outros programas, tais como o After Effects CC, e a capacidade de fazer composições rápidas”, disse Tim Miller, diretor de Deadpool. “Nós precisamos de um fluxo de trabalho ininterrupto entre a ideia e o filme em si. O Premiere Pro CC é simples e rápido, que é o que desejo.”

Adobe investe nos futuros cineastas

A Adobe também irá patrocinar a categoria NEXT de filmes não concorrentes do Sundance e que apresentam trabalhos ousados e puros, combinando tecnologia digital e criatividade sem restrições. Filmes estreando na categoria NEXT que fizeram cortes usando o Premiere Pro CC da Adobe incluem: Dark Night, Operation Avalanche, The Eyes of the Mother e The 4th.

Além disso, a Adobe formou uma parceria com a Sundance Ignite, por meio da iniciativa Project 1324 da empresa, que permite às mentes criativas mais promissoras a oportunidade de mostrar o seu trabalho. O Project 1324 e o Instituto Sundance pediram a cineastas entre 18 e 24 anos para se apresentarem no “What’s NEXT?”. Os cinco cineastas ganhadores serão celebrados no Festival Sundance de Cinema e receberão uma bolsa de estudos da Sundance Ignite, premiando-os com oportunidades especiais de aprenderem diretamente com a equipe e com os ex-alunos do Instituto Sundance.

Em breve, novas atualizações das ferramentas de vídeo da Adobe Creative Cloud

Ferramentas de vídeo Adobe

Ferramentas de vídeo Adobe

Logo após o Festival Sundance, a Adobe vai lançar novas atualizações para suas ferramentas de vídeo da Creative Cloud. Os novos recursos – disponibilizados até o final de janeiro – incluem:

· 100.000 ativos de vídeo 4K de alta qualidade foram adicionados ao conteúdo de vídeo disponível na Adobe Stock. Os usuários do Premiere Pro e do After Effects poderão pesquisar, baixar e licenciar esta coleção cada vez maior de ativos de ações diretamente dos seus aplicativos de desktop. A Adobe Stock, uma coleção com fotos e ilustrações de alta qualidade da Adobe e isentas de royalties, também está integrada aos principais produtos, incluindo o Photoshop CC, o InDesign CC e o Illustrator CC;

· O Cineware Live 3D (apresentado pela primeira vez em 2014 para o After Effects CC) será reforçado com um workflowaprimorado e de maior desempenho. A renderização do OpenGL agora estará disponível dentro do efeito Cineware, proporcionando maior velocidade em relação à opção de renderização do software;

· Opção de usar o Live Link, que sincroniza as timelines entre o After Effects e o Cinema 4D, tornando a composição mais eficiente;

· Os artistas agora podem optar por fazer a renderização de takes específicos no arquivo do projeto no Cinema 4D, com suporte para o novo Take System do Cinema 4D, apresentado em sua mais recente versão R17;

· Melhorias de desempenho no Premiere Pro CC.

“Estamos empolgados por apoiar o Instituto Sundance e todos os artistas incríveis cujo trabalho inovador nos inspira ano após ano”, disse Bill Roberts, diretor sênior de gestão de produtos de vídeos profissionais da Adobe.

“É a criatividade deles que nos impulsiona a inovar e a fornecer consistentemente novos recursos de ponta para dar vida a todas as histórias em todos os tipos de mídia, de tela e de orçamento.”

Sobre a Adobe Systems Incorporated

A Adobe está mudando o mundo por meio de experiências digitais. Para mais informações, visite www.adobe.com/br/

Fonte: Segs

Comment (1)

  • Adobe Premiere completa 25 anos - Multimidia e Arte

    […] O que posso falar sobre ele, tem tido um enorme avanço tanto na forma de se trabalhar como na robustez. Lembro dos antigos comentários que o Premiere não era recomendado para edições longas, que dependia muito de aplicações de terceiros, etc. Mas como já foi postado aqui no site, diversos filmes mais atuais foram editados pelo Adobe Premiere, filmes como DeadPool, Ave Cesar! entre outros, isso fez com que recebesse menção no Festival Sundance. […]

    20 de março de 2017 at 12:20

Comments are closed.


× Whatsapp